JCV ProduçõesPerdão Mr. Fiel
Imprensa

 

Jornal de Braília, 24 de novembro de 2009

Memória política

Por José Roberto da Silva

O documentário Perdão, Mister Fiel, do jornalista Jorge Oliveira - exibido em avant-première neste 42° Festival de Cinema de Brasília - constitui uma relevante contribuição para o resgate das memórias ainda ocultas pela truculência do regime militar. Não apenas relembra e contextualiza os horrores que permaneceram ocultos por muito tempo como traz fatos novos, capazes de proporcionar uma revisão histórica relevante.

Trata-se da vida, paixão e morte sob tortura de Manuel Fiel Filho, operário militante de base do Partido Comunista Brasileiro no ABC paulista, o mesmo que gerou a liderança sindical de Lula.

Fiel não foi líder a não ser da sua própria consciência política: morreu porque não abriu informações. O mesmo trágico destino do estudante belorizontino José Carlos da Matta Machado, líder da Ação Popular, o movimento que liderou a rebelião não-armada dos estudandes de 68, sobre o qual também se cogita um filme.

Os depoimentos valem o filme. Lula, sem o costumeiro tom de palanque, explica porque se recusou a aderia a qualquer organização política que, à época, resistia à ditadura. Também marca sua posição contra a revisão da anistia política baixada pelo governo do general João Baptista Figueiredo.

Fernando Henrique conta como foi encapuçado e sequestrado para interrogatório. Roberto Freire introduz a dimensão dos direitos humanos esmagados pelo autoritarismo. Pela primeira vez ao distinto público, em depoimento colhido pela historiadora Celina Vargas do Amaral, o ex-presidente Geisel conta seu impasse político na noite em que o jornalista Vladimir Herzog foi assassinado em São Paulo. Já o ex-ministro Jarbas Passarinho fica mal na fita ao explicar as virtudes da tortura quando aplicada racionalmente.

O depoimento de Marival Chaves, membro da "comunidade de informações", é inédito ao narrar práticas desumanas, inclusive sobre o "desaparecimento" do deputado Rubens Paiva. Feitas as contas ainda há uma constatação adicional: o filme chapa-branca Lula, o filho do Brasil ganhou um sériio concorrente nas telas de 2010.

« Voltar

 

Ancine
Patrocínio
Eletrobrás
Petrobrás Brasil - um país de todos
Transpetro
Apoio
Governo de Alagoas Engevix
Chesf Ceal
PERDÃO MR. FIEL: O FILME | IMPRENSA | CONTATO | EQUIPE | FOTOS | VÍDEOS